UMBI: Gratidão e Pedido às Igrejas

A União dos Ministros Batistas Independentes é grata ao bom Deus pelas igrejas Batistas Independentes. Temos percebido que muitas igrejas estão aplicando o princípio bíblico que nos ensina “que digno é o obreiro do seu salário” ( 1Tm 5:18 ). Além da prebenda, se percebe que as igrejas também se lembram de seus líderes espirituais no dia do pastor, dia da esposa do pastor, aniversários etc. Isso demonstra que as igrejas entenderam as Escrituras Sagradas. Por isso queremos, como UMBI, agradecer a cada igreja que renova mensalmente seu cuidado para com o pastor e sua família. Temos certeza de que “Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo a sua gloriosa riqueza em Cristo Jesus” ( Fp 4:19).

    Incentivamos as igrejas a continuarem demonstrando desvelo para com seus líderes, bem como lhes oportunizar e custear a participação das programações da Convenção Nacional e Estadual. Isto porque os pastores precisam participar de muitas programações, tais como: acampamentos de jovens, congresso feminino, retiro das seccionais da UMBI, encontro de pastores, além de, a cada dois anos, serem promovidos o retiro da UMBI, Assembleia  da CIBI, MOBILIZA e CONAFEBI.

    Sabemos que os custos são bem altos para se participar de todas as programações acima mencionadas. São poucos os pastores que tem conseguido estar em todos os eventos denominacionais, pois nem todas as igrejas têm estrutura financeira suficiente para as despesas já mencionadas. Porém, sempre que possível, enviem seus pastores para as atividades de nossa Convenção.  

    Além das sugestões acima, gostaríamos muito que as igrejas, na medida do possível, oferecessem uma prebenda compatível com as atividades pastorais. O valor poderá ser definido entre pastor e diretoria, sendo que para tanto o bom senso deverá prevalecer de ambos os lados.

    A diretoria da Igreja deve ter sensibilidade suficiente para poder averiguar as necessidades de seus pastores e lhes oferecer proventos suficientes para o bom desempenho do ministério local. Não podendo esquecer-se do 13º Salário, férias e 1/3 sobre as férias, bem como pagar o INSS para seu pastor. De preferencia o tesoureiro deverá efetuar tal pagamento e no final de cada ano entregar o carne para o pastor. 

    Além disso, sugere-se que as igrejas paguem um fundo pastoral de 8% a 10% sobre a prebenda. Tal valor deverá ser depositado em conta especifica e o pastor somente poderá sacar a importância em caso de enfermidade grave ou quando entregar o pastorado da igreja. 

    A igreja local crescerá em conhecimento e se beneficiará se ainda puder conceder anualmente fundos para o aperfeiçoamento do ministério pastoral. Para tanto poderá conceder uma bolsa de livros, custear cursos e incentivar o seu pastor a estudar e galgar um grau acima do que se encontra.

    A União dos Ministros Batistas Independentes coloca-se à disposição das igrejas e pastores para auxiliar na implementação das sugestões acima. Certos de vossa compreensão.

 


Em Cristo, UMBI/CIBI

Campinas, 13 de Março de 2017

 

 

  Pr. Paulo Ricardo Schulz                               Pr. José Tomaz R Lima
      1ª Secretário da UMBI                                                1°  Secretário CIBI

 

Please reload

Postagens Recentes

March 5, 2019

September 25, 2018

September 2, 2018

July 25, 2018

Please reload

Curta
  • Facebook Classic